Série de Palestras “Temas Contemporâneos” debate assuntos relevantes em seus primeiros encontros

Data do evento 18/02/2014 - 14:00

Na terça-feira, 18 de fevereiro, a FGV/EPGE – Escola Brasileira de Economia e Finanças realizou o debate sobre “descriminalização do consumo, comércio e produção de drogas ilícitas”, sob a coordenação do professor Luis Henrique Braido.

O professor iniciou a palestra com a apresentação de alguns pontos relevantes sobre o tema, comentando sobre as visões liberal, conservadora e médica. Falou sobre a teoria da escolha, que “enaltece a liberdade de cada indivíduo efetuar suas escolhas e se responsabilizar pelos riscos inerentes a elas”. Problemas de externalidade associados ao consumo de drogas, tais como a degradação do espaço público, a negligência parental e os crimes violentos, também foram abordados, bem como os custos sociais decorrentes da proibição, tais como os conflitos armados pela renda do tráfico.  Esses pontos forneceram subsídios para que os alunos iniciassem um debate sobre o assunto, com intermediação dos professores Braido e Afonso Arinos Neto.

Já no dia 25, o tema foi “Aspectos econômicos da doação/transferência de órgãos”.  Os alunos elaboraram um roteiro com algumas perguntas que nortearam o debate intermediado pelo professor Afonso Arinos Neto. Uma das questões mais debatidas foi a criação de um mercado de comercialização de órgãos. Na opinião dos alunos, esse mercado deveria ser muito bem regulamentado, pois tenderia a privilegiar pessoas com renda mais elevada.  Por outro lado, poderia haver um aumento da oferta de órgãos.  Um ponto negativo seria o incentivo maior ao mercado negro de comercialização de órgãos.

A série “Temas Contemporâneos” tem como objetivo discutir questões da atualidade sob a ótica de diferentes áreas do conhecimento. 

As palestras ocorrem sempre às 14h, no auditório do 12º andar da sede da FGV, no Rio de Janeiro.