Presidente da Comissão Européia, José Durão Barroso, na EPGE

Data do evento 21/07/2014 - 14:00

Para acessar a galeria de fotos clique aqui.

Para assistir os videos do evento clique em 1, 2, 3, e 4

Para notícia e repercussão na mídia clique aqui.

A FGV/EPGE - Escola Brasileira de Economia e Finanças recebeu, no dia 21 de julho, o presidente da Comissão Europeia José Manuel Durão Barroso, que ministrou a palestra “Europa e Brasil no Atual Contexto Internacional”.

O evento contou com a presença de diversas autoridades e líderes da FGV, entre eles o presidente da Fundação Carlos Ivan Simonsen Leal, o vice-presidente Sergio Franklin Quintella, o diretor da FGV/EPGE Rubens Penha Cysne e a Embaixadora da Delegação da União Europeia no Brasil Ana Paula Zacarias.

Durão Barroso iniciou sua participação ressaltando a posição da FGV como um dos melhores think tanks (centro de conhecimento) do mundo. A instituição está no top 30, de acordo com o Global Go To Think Tanks Rankings 2013, divulgado pela Universidade da Pensilvânia. “É com satisfação especial, como português, ver um think tank de um país de língua portuguesa assumir essa posição global”, afirmou.

O presidente da Comissão Europeia analisou, em seguida, o cenário econômico do Brasil e da União Europeia, as questões que envolvem o processo orçamentário único no bloco europeu, além da integração comercial. Segundo ele, “a União Europeia considera o Brasil como um parceiro essencial” e que a UE, assim como o país sul-americano, não é para principiantes – referindo-se à importância e complexidade das duas regiões.

Ele afirmou ainda que a União Europeia é a primeira parceira de todo o Brics – bloco formado pelos países Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul – e reforçou que a UE tem muito mais competência hoje do que há 4 anos. “Os governos estão mais disponíveis para integração”, disse. Por fim, Durão Barroso comentou outros assuntos de interesse global, como a crise na Ucrânia e as mudanças climáticas.

A palestra aconteceu entre 10h e 12h, no Edifício Sede da FGV, na Praia de Botafogo – Rio de Janeiro.

Veja a repercussão na imprensa: